Skip to main content

Blog

IPVA 2024: calendário de pagamento é divulgado

Proprietários que pagarem valor do imposto à vista em janeiro receberão desconto de 3%, enquanto os que parcelarem a partir do primeiro mês do ano ou optarem por pagar em cota única em fevereiro não terão desconto.

O governo de São Paulo divulgou nesta quarta-feira (6) o calendário de pagamento do IPVA 2024, que tem prazos de vencimento estabelecidos para a partir de 11 de janeiro, dependendo do dígito final da placa de cada veículo.

Os valores do imposto ainda não foram divulgados. Segundo a Secretaria Estadual da Fazenda, isso deve ocorrer nos próximos dias.

Assim como no último ano, os pagamentos poderão ser realizado de uma vez só ou dividido em até cinco parcelas, com condições diferentes para cada uma das opções.

Os proprietários que optarem por pagar o IPVA à vista em janeiro terão 3% de desconto. O pagamento integral também poderá ser realizado em fevereiro, mas sem o desconto. Em caso de parcelamento, que pode será até maio, o valor cobrado não terá redução.

Para caminhões, contudo, os prazos são um pouco diferentes. O desconto de 3% também será aplicado para pagamentos integrais em janeiro. Em abril, a quitação à vista não receberá desconto. No caso dos parcelamentos, a primeira cobrança tem vencimento para março, já as seguintes, para os meses de maio em diante, até setembro.

Além das formas de pagamento liberadas nos anos anteriores, os contribuintes também poderão pagar o imposto via PIX.

Para isso, basta acessar o portal da Secretaria da Fazenda (neste link), informar os dados do veículo e gerar um QR Code. Esse código deverá ser lido dentro de um aplicativo de banco em até 15 minutos de sua emissão, caso contrário, será necessário gerar um novo QR, repetindo os passos anteriores.

Ao apontar a câmera para o código, as seguintes informações de pagamento deverão aparecer:

  • Destinatário: Secretaria da Fazenda e Planejamento
  • CNPJ: 46.377.222/0003-90
  • Instituição bancária: Banco do Brasil

Calendários de pagamento: 

 

 fonte: G1

 

Artigos Recentes

Receita abre consulta a maior lote de restituição do IR da história

Cerca de 5,6 milhões de contribuintes receberão R$ 9,5 bilhões A partir das 10h desta quarta-feira (22), cerca de 5,6 milhões de contrib...
Escrito por Super User

Como não cair na malha fina: Dicas simples e eficazes:

Cair na malha fina da Receita Federal pode trazer dores de cabeça desnecessárias e atrasos na restituição do seu Imposto de Renda. Aqui e...
Escrito por Super User